Ariany

31 mar

Quem a viu, a viu calada. Eu ouvi todas as suas palavras mais profundas. Quem a viu, a viu meiga. Eu conheci o ser humano errônio que existe até mesmo em você. Quem a viu, a viu sorrindo com timidez. Eu ouvi o eco da sua risada malandra e seu pranto incontido. Quem a viu, viu compreensão. Eu presenciei sua própria vontade, seu pitaco, seu ponto de vista. Quem a viu, a viu boneca. Eu conheci a mulher maravilhosa que você traz dentro do peito. Quem a viu, viu fragilidade. Eu acompanhei sua luta, sua força, sua fé, sua coragem e juntas comemoramos as suas vitórias. Quem a viu, a viu coadjuvante. Eu a vi estrela principal da nossa amizade, irmandade e companheirismo. Quem a viu, a viu refém. Eu tive-a como heroína. Teus olhos de verde mar imenso encantou ao mundo. E a mim, trouxe a inspiração. Quem a quer, quer por perto. Eu a quero feliz, tenho-a no coração. Quem comemora o aniversário, festeja os almejados dezoito anos. Eu agradeço, numa prece silenciosa, a sua vida. O meu maior presente. Que o teu afeto me afetou, é fato. Ariany Bonadio.

Anúncios

Uma resposta to “Ariany”

  1. Ariany 16 de abril de 2011 às 19:09 #

    Amooooooooor *-* Que linda você! Emocionei rs
    Ai… Fiquei tão feliz =D hihi
    To com tanta saudade de você… Você nem tem noção!

    TE AMO! s2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: